O IMPACTO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS NAS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS SOBRE LOGÍSTICA REVERSA

Naiara Ferreira Dutra, Fernanda Rosário De Souza, Tiago Silveira Gontijo, Alexandre de Cássio Rodrigues, Izabel Cristina de Matos Andrade

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar o impacto da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) nas publicações científicas brasileiras sobre Logística Reversa. Especificamente comparou-se o número de pesquisas realizadas seis anos antes e seis anos após a promulgação da PNRS, ocorrida em 2010. Para isso, foram adotados métodos bibliométricos, através da extração de artigos indexados na base de dados da Web of Sciense (WoS). Assim foi possível mensurar a evolução temporal das publicações sobre o assunto no Brasil; auferir o número anual de publicações por pesquisador e instituição de ensino; e determinar os descritores mais utilizados por meio dos indicadores bibliométricos. Apurou-se que no período analisado, 82 autores, de 49 instituições, publicaram 174 artigos sobre Logística Reversa em 49 periódicos distintos. As palavras-chaves mais frequentes foram: “Reverse Logistics” e "Green Supply Chain”. Quanto à evolução temporal do tema, observou-se que o número de autores e volume de artigos publicados em recorrência a publicação da PNRS teve uma evolução e impactou de forma positiva no número de publicações, porém, no Brasil, o número de publicações sobre o tema ainda é relativamente pequeno em comparação a outros países como China, EUA, Taiwan, Inglaterra e Canadá.

Palavras-chave


PNRS. Logística Reversa. Produção Científica Brasileira

Texto completo:

PDF

Referências


ABRELPRE - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS. Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil, 2015. Disponível em: http://www.abrelpe.org.br/Panorama/panorama2015.pdf. Acessado em: 19 mar. 2017.

BARBIERI, J. C. Gestão ambiental empresarial: conceitos, modelos e instrumentos. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

BRASIL. Lei n° 12.305, de 02 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei n° 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Disponível em: http://abes-dn.org.br/camresiduos/docs/lei-12305.pdf. Acessado em: 19 mar. 2017.

BIBENG – BIBLIOTECA DA ESCOLA DE ENGENHARIA DA UFRGS. Web Of Sciense: Tutorial, 2014. Disponível em: https://www.ufrgs.br/bibeng/wp-content/uploads/2014/02/WEB_OF_SCIENCE.pdf. Acessado em: 15 mai. 2017.

BLANCO-MESA, F.; LINDAHL, J. M. M; GIL-LAFUENTE, A. M. A bibliometric analysis of fuzzy decision making research. In: Fuzzy Information Processing Society (NAFIPS), 2016 Annual Conference of the North American. IEEE, 2016. p. 1-4.

CENSO, I. B. G. E. Rio de Janeiro: IBGE; 2013. 2010.

CHAVES, Gisele de Lorena Diniz; MARTINS, Ricardo Silveira. Diagnóstico da logística reversa na cadeia de suprimentos de alimentos processados no oeste paranaense. 2005. Tese de Doutorado. Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

CHEN, Chaomei. CiteSpace II: Detecting and visualizing emerging trends and transient patterns in scientific literature. Journal of the Association for Information Science and Technology, v. 57, n. 3, p. 359-377, 2006.

CHEN, Chaomei; IBEKWE-SANJUAN, Fidelia; HOU, Jianhua. The structure and dynamics of cocitation clusters: A multiple-perspective cocitation analysis. Journal of the Association for Information Science and Technology, v. 61, n. 7, p. 1386-1409, 2010.

CHIANG, Hung Yuh. Gestão de estoque na cadeira de logística integrada. 1999.

DA SILVA FILHO, José Carlos Lázaro et al. Proposta de categorização dos estudos de logística reversa através de uma análise longitudinal da produção científica entre 2003 e 2009. Revista Ciências Administrativas, v. 17, n. 3, 2011.

DE BAKKER, F. G.; GROENEWEGEN, P.; DEN HOND, F. A bibliometric analysis of 30 years of research and theory on corporate social responsibility and corporate social performance. Business & Society, v. 44, n. 3, p. 283-317, 2005.

DE SOUZA, Sueli Ferreira; DA FONSECA, Sérgio Ulisses Lage. Logística reversa: oportunidades para redução de custos em decorrência da evolução do fator ecológico. Revista Terceiro Setor & Gestão - UNG, v. 3, n. 1, p. 29-39, 2009. Disponível em: http://revistas.ung.br/index.php/3setor/article/view/512. Acessado em: 23 abr. 2017.

FAHIMNIA, B.; SARKIS, J.; DAVARZANI, H. Green supply chain management: A review and bibliometric analysis. International Journal of Production Economics, v. 162, p. 101-114, 2015.

FELIZARDO, Jean Mari; HATAKEYAMA, Kazuo. A logística reversa nas operações industriais no setor de material plástico: Um estudo de caso na cidade de Curitiba. XXIX Encontro da ANPAD (ENANPAD), p. 1-17, 2005.

GUARNIERI, Patrícia. Logística Reversa: em busca do equilíbrio econômico e ambiental. Patrícia Guarnieri, 2011.

GUEDES, Vânia LS; BORSCHIVER, Suzana. Bibliométria: uma ferramenta estatística para a gestão da informação e do conhecimento, em sistemas de informação, de comunicação e de avaliação científica e tecnológica. Encontro Nacional de Ciência da Informação, v. 6, p. 1-18, 2005.

JACOBI, Pedro. O complexo desafio da sustentabilidade. Revista Desenvolvimento e Meio Ambiente. Seção O município no século XXI: cenários e perspectivas. São Paulo, p. 175-183, 1994.

LACERDA, L. Logística reversa: uma visão sobre os conceitos básicos e as práticas operacionais. Congresso Nacional de Engenharia de Produção pela EE/UFRJ. 2000.

LEITE, Paulo Roberto. Logística reversa: meio ambiente e competitividade. Pearson Prentice Hall, p.209 e 240, 2009.

LINHARES, Adriana Cristine Schwabe; CARDOSO, Patrícia Alcântara; JUNIOR, Osiris Canciglieri. Logística reversa: O caso do destino de produtos químicos e vidrarias de uma instituição de ensino profissionalizante de Curitiba. Encontro Nacional de Engenharia de Produção, v. 28, 2008. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2008_tn_sto_077_540_11254.pdf. Acessado em: 08 mai. 2017.

LOURENÇO, J. C. et al. A Logística Reversa Aplicada a Gestão de Resíduos Urbanos no Município de Campina Grande – PB. Espacios, v. 17, n. 31, p. 13, 2016. Disponível em: http://www.revistaespacios.com/a16v37n31/16373113.html. Acessada em: 04 abr. 2017.

NETO, Tiago José Pereira. A Política Nacional de Resíduos Sólidos: os reflexos nas cooperativas de catadores e a logística reversa. Diálogo, n. 18, p. 77-96, 2011. Disponível em: http://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/Dialogo/article/view/104/121. Acessado em: 19 mar. 2017.

PAULI, Gunter. Upsizing: como gerar mais renda, criar mais postos de trabalho e eliminar a poluição. Porto Alegre: Fundação Zeri Brasil, 1998.

PERSSON, O.; DANELL, R.; SCHNEIDER, J. W. How to use Bibexcel for various types of bibliometric analysis. Celebrating scholarly communication studies: A Festschrift for Olle Persson at his 60th Birthday, v. 5, p. 9-24, 2009.

VAN RAAN, A. F. J. Advances in bibliometric analysis: research performance assessment and science mapping. Bibliometrics. Use and Abuse in the Review of Research Performance, p. 17-28, 2014.

VERONEZE, Ricardo Braga et al. O avanço do campo e as tendências da ferramenta balanced scorecard: um estudo bibliométrico. 2016. Disponível em: http://w.revistaespacios.com/a17v38n17/a17v38n17p08.pdf. Acessado em 08 mai. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

                      Brazilian Journal of Production Engineering - BJPE (ISSN: 2447-5580)