A trajetória do Sistema de proteção social brasileiro e a reforma do Estado em tempos do neoliberalismo

Tatiana Reidel, Vanessa Maria Panozzo

Resumo


O artigo situa a concepção de política social na trajetória brasileira, evidenciando perspectivas distintas de Estado e sociedade no cenário social. Traça-se o conceito de política social que, contraditoriamente, atendeu parte dos trabalhadores e o capital, tendo como elemento mediador o Estado burguês, articulando os modelos de proteção social e cidadania em cada época. Objetiva-se analisar o sistema de proteção social por meio de pesquisa bibliográfica. Os resultados evidenciam o modo que a política social atendeu[e] a população a partir de 1990 com a concepção neoliberal - excludente e conservadora - no que se refere ao atendimento das necessidades sociais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.