Juventudes como estratégia de desenvolvimento: a Política Nacional de Juventude na era neodesenvolvimentista

Giovane Antonio Scherer

Resumo


O presente artigo busca analisar o contexto contemporâneo das políticas sociais na era neodesenvolvimentista, compreendendo o papel das políticas de juventude diante dessa conjuntura. Ressalta-se que tais políticas foram criadas e desenvolvidas durante o presente período histórico contendo, portanto, reflexos ideológicos dessa perspectiva. Apresenta-se uma breve análise dos programas e projetos voltados para as juventudes no Brasil, demonstrando que tais ações reproduzem um discurso que colocam as juventudes como estratégia de desenvolvimento do Brasil, por meio de ações fragmentadas e focalizadas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.