Adolescências perdidas: a face brutal da violação de direitos humanos

Selma Marques, Juliana de Carvalho Almeida

Resumo


Abordagem sobre a violência letal destacando a vitimização de adolescentes, compreendida como expressão da violação e negação de direitos humanos, tomando como referência a pesquisa desenvolvida na 2ª Vara da Infância e Juventude na Comarca de São Luís. Para a construção das informações fez-se escolha pelo uso da pesquisa analítica, com uso das abordagens quanti e qualitativa, realizando pesquisa bibliográfica e documental. A pesquisa empírica considerou informações correspondentes aos óbitos ocorridos em 2014, analisando 40 processos extintos, por ocorrência de óbitos por causas violentas, correspondendo a 27 adolescentes.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.