A percepção da mulher negra acerca da representação social de sua sexualidade

Daiane Márcia Miranda, Débora Firmino de Freitas Bento, Rubia Mara Ferreira de Alvarenga

Resumo


A mulher negra vem sendo corporificada à ótica machista e eurocêntrica desde o período colonial, apenas adquiriu novas roupagens na contemporaneidade, mas continua imbricada à lógica de coisificação disseminada na época escravagista. Objetivou-se desvelar a percepção das mulheres negras acerca de sua sexualidade e a percepção dessas mulheres em relação às relações étnico-raciais cotidianas. Pesquisa de bibliográfica e empírica que participaram 10 mulheres negras. Os desafios e as vivências da mulher negra ainda agregam resquícios do período escravocrata, onde a mulher negra tinha sua humanidade coisificada.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.