Quem tem fome tem pressa! Banco de alimentos, dignidade para o indivíduo

Tauã Lima Verdan Rangel

Resumo


É fato que a rede de equipamentos públicos de apoio à produção, abastecimento e consumo de alimentos integram uma ação estratégica da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, contribuindo para a redução dos índices de insegurança alimentar da população, além de promover o acesso à alimentação adequada e saudável. Neste aspecto, o presente visa conceder especial relevância ao exame do banco de alimentos, na condição de equipamento público de fortalecimento e concreção dos ideários da segurança alimentar e nutricional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.