Transversalidade de gênero e intersetorialidade: estratégias de enfrentamento à violência contra as mulheres

Ermildes Lima da Silva

Resumo


Este trabalho propõe fazer algumas reflexões sobre a transversalidade e intersetorialidade enquanto estratégia de garantia dos direitos das mulheres a viver uma vida sem violência. A proposta da transversalidade de gênero corresponde à integração do aporte de gênero a agenda política e aos processos decisórios, por meio de ações e políticas integradas e intersetoriais. Dessa forma, a transversalidade e a intersetorialidade envolve mais de uma política e sugere rupturas com paradigmas existentes em relação a gestão e execução das políticas públicas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.