A Liberdade e a Ética na Formação Profissional dos Assistentes Sociais: pressupostos iniciais para o debate

Luciane Francielli Zorzetti Maroneze, Olegna de Souza Guedes

Resumo


O presente artigo traz uma reflexão sobre a liberdade, como elemento, fundamental para interpretação da ética na formação profissional dos assistentes sociais. Situa os desafios dessa reflexão no contexto de reconfiguração do ensino superior no Brasil e os desafios lançados ao processo formativo. Foi construído a partir de pesquisa bibliográfica, ancorada na teoria social crítica, a qual procura analisar a temática em questão considerando a totalidade histórica. Reflete sobre aspectos da interpretação da liberdade, tendo como referência a ontologia do ser social, e sinaliza a sua relevância na discussão da ética na formação profissional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.