Família e assistência social: raízes históricas e influências neoliberais

Nathália Eliza de Freitas

Resumo


O objetivo deste trabalho é destacar elementos históricos, políticos, econômicos e ideológicos que permeiam a relação entre Estado e família, considerando as particularidades da política de assistência social no Brasil. A inserção da família nas ações do Estado é uma característica histórica que esteve presente no processo de formação social e política brasileiro. A relação entre Estado e família também encontrou suporte na agenda política e econômica do ideário neoliberal desde o fim da hegemonia do welfare state. O modelo de proteção social adotado pela política de assistência social no Brasil tem como referência as premissas do pluralismo de bem-esta, que se manifesta claramente na relação contemporânea entre Estado e família.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.