Austeridade, família e Serviço Social: reflexões sobre Brasil e Portugal

Cilene Sebastiana da Conceição Braga, Maria Inês Martinho Antunes Amaro, Olga Myrla Tabaranã Silva

Resumo


Esse artigo parte de reflexões produzidas na pesquisa “Serviço Social e Famílias: análise das demandas postas aos Assistentes Sociais do Brasil e de Portugal” iniciada em 2017.  Países da América Latina e Europa têm enfrentando uma gama de desafios frente às tensões sociais decorrentes da ofensiva neoliberal. O objetivo desse artigo é levantar algumas preocupações de Assistentes Sociais frente à redução de direitos sociais. Existe a necessidade de capacitação e reflexões dos profissionais com as mudanças nos processos de reorganização dos arranjos familiares e aumento da desigualdade. Em paralelo, assistiu-se, sob o signo da austeridade, a uma viragem das políticas sociais para modelos mais assistenciais, mais focalizados. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.