A nova organização do trabalho e a saúde do trabalhador

Jéssica Pereira Cosmo da Silva, Larissa dos Santos Ferreira, Bernadete de Lourdes Figueiredo de Almeida

Resumo


As atuais transformações no mundo do trabalho, advindas da reestruturação produtiva perpassada pela acumulação e produção flexível impactaram nas condições de trabalho e vida dos trabalhadores, e, sobretudo, incidindo sobre a saúde, que passam a ter sua capacidade laboral comprometida ao se submeterem em condições precárias de trabalho. Assim, objetiva-se investigar e analisar como essas transformações têm refletido negativamente sobre a saúde dos trabalhadores. Metodologicamente, tipifica-se como um estudo documental, que também contempla o levantamento bibliográfico. Os resultados atestaram que os trabalhadores atendidos no CEREST/JP são condicionados ao trabalho precarizado,  multifuncional, em ritmos intensos, com esforços repetitivos que passam a comprometer o exercício do labor.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.