Proteção social e superexploração do trabalho na América Latina: possibilidades para a política de assistência social

Dilceane Carraro

Resumo


Esse trabalho pretende problematizar a proteção social na América Latina a partir da política de assistência social considerando um desenho de proteção social que atente para a particularidade do desenvolvimento capitalista na região a partir da superexploração da força de trabalho, bem como que contribua para a necessária construção de caminhos que recuperem o papel protagônicos das massas latino-americanas na atenção as suas necessidades. Nosso intuito, portanto, passa por localizar a política de assistência social pela perspectiva da luta de classes, ou seja, como produto das lutas das massas pela satisfação de suas necessidades, mas, sobretudo, a partir da superexploração do trabalho, condição estrutural da classe trabalhadora latino-americana.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.