O Programa Minha Casa Minha Vida e a financeirização da produção do espaço

Cássio Arruda Boechat

Resumo


O objetivo desta apresentação é relacionar as políticas nacionais de habitação ao processo geral de financeirização, perfazendo um percurso histórico que permita situar e compreender o Programa Minha Casa Minha Vida. Para tanto, pergunta-se se a produção do espaço e a financeirização têm os mesmos significados sociais nos períodos de 1960-1980 e de 2000-2010. Isto é, tomamos dois momentos de significativos aportes de recursos na construção civil, comparando seguidamente estes investimentos com aqueles realizados na agropecuária, para tratar de possíveis transformações para além destes investimentos mesmos, mas que confeririam sentidos distintos para a maneira como a produção do espaço se insere na dinâmica social pautada pela reprodução ampliada do capital.  


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.