Cultura, espaço e identidade: a ressignificação da cidade através da mercantilização dos lugares

Lucas Eduardo Dantas

Resumo


Refletir acerca da influência que o capital financeiro produz sobre os imaginários urbanos, levando em consideração as novas maneiras de apropriação do espaço por ele adotada, a do “lugar-marca”. Partindo deste pressuposto, se tentará entender os impactos causados que esta nova lógica de mercado produz sobre a memória individual e coletiva, acerca da cidade enquanto espaço urbano e simbólico, e consequentemente sobre a construção identitária dos cidadãos que a habitam.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.