ÓBICES à efetivação do sistema único de saúde: padrão de financiamento

Letícia Batista da Silva, Tarcila Freitas de Sousa, Luanda Café Santana dos Santos

Resumo


Desenvolve-se uma reflexão sobre o padrão de financiamento da política de saúde no Brasil, para a compreensão das condições objetivas e materiais ao trabalho em saúde. Neste texto, apontamos como caminho analítico o subfinanciamento estrutural do sistema de saúde brasileiro, em que se observa a finalidade da arrecadação atrelada à diminuição do gasto público com as políticas de seguridade social. Com isso, o gasto em saúde é extremamente menor em comparação a outros países de sistema de saúde universal. Identifica-se o baixo investimento em saúde no confronto aos indicadores de outros países da América Latina. Desta forma, reitera-se que a política de renúncia fiscal adotada no país impede ações para a efetivação de uma política pública universal e o investimento no trabalho em saúde. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.