Trabalho social com famílias no SUAS: requisições profissionais e especificidades metodológicas

Iracilda Alves Braga

Resumo


Tendo como referência as relações sociais desenvolvidas no contexto da acumulação capitalista e seus rebatimentos no redimensionado do processo de reestruturação produtiva  que afetam  as políticas sociais, no caso específico a política de assistência social, como também as profissões, propomos, neste artigo, apresentar o trabalho social com famílias no Sistema Único de Assistência Social (notadamente no CRAS e CREAS), evidenciando suas especificidades, direcionamentos e a metodologias e seus elementos constitutivos: o trabalho social e a centralidade na família; “Vulnerabilidade social” e “risco social e pessoal” no trabalho social; a operacionalização do Trabalho Social no CRAS e CREAS e os rebatimentos no exercício profissional dos Trabalhadores do SUAS.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.