Movimentos sociais, democracia, direitos e emancipação

Ademar Bogo, Maria Nalva Rodrigues de Araújo Bogo

Resumo


O objetivo deste estudo é discutir, a democracia, os direitos e a emancipação considerando a atuação dos movimentos sociais do campo frente as investidas do capital e as decisões do Estado que ao defenderem a emancipação implementam políticas verdadeiramente desemancipadoras. Trata-se de um estudo bibliográfico cujo referencial teórico apoiou se  Marx (2011); Marx/Engels (1986) Nader (2000); Pasukanis (1989); Saviani (1995). Os resultados indicam que os movimentos sociais do campo originados na década de 1980, deparam-se com a proposta da emancipação da propriedade da terra tornando-a mercadoria, coisa que até pouco tempo era cedida em concessão de uso. No entanto, o caminho da verdadeira emancipação social e humana continua aberto e evidente, a espera da rearticulação das forças sociais e políticas. Nesse caso, somente a canalização das lutas para o processo da transição socialista poderá recolocar as forças no caminho de novas vitórias.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.