Acolhimento de crianças e adolescentes: reflexões sobre a medida de proteção no Rio Grande do Sul

Mariele Aparecida Diotti, Rosa Maria Castilhos Fernandes

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo realizar um diálogo sobre a execução dos serviços de acolhimento para crianças e adolescentes enquanto uma medida proteção. São realizadas reflexões e apontamentos sobre os serviços na atualidade, a partir da análise do Censo SUAS 2016 do Estado do Rio Grande do Sul. Observa-se que historicamente o acolhimento de crianças e adolescentes foi utilizado como um mecanismo de controle e punição das crianças/ adolescentes e famílias, sendo um instrumento para adequação ao modo de produção capitalista. Após a CF de 1988 e do ECA (1990) ocorreu considerável alteração no que se refere à execução da medida de acolhimento, no entanto, ainda se vive um processo de reordenamento e rompimento com as ações históricas que envolvem os serviços

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.