Família, conservadorismo e questão social: suas expressões na contemporaneidade

Alexia Dorneles

Resumo


O presente estudo propõe uma reflexão acerca da forte e impactante presença do conservadorismo na sociedade contemporânea, que se apresenta no cotidiano das famílias e corrobora para a rotulação das mesmas como irresponsáveis e incapazes de conviverem com suas crianças e adolescentes, tanto por suas condições de existência, como pela configuração familiar que constituem. Além disso, será abordada a questão social, que em suas mais diversas expressões contribuem para a fragilização dos vínculos familiares e comunitários de crianças e adolescentes, e que ao serem analisadas isoladamente, não são compreendidas enquanto produto de uma violência que é estrutural. Cabe ressaltar que a questão social é objeto de trabalho do (a) profissional Assistente Social. Profissional este, que mesmo diante do processo de precarização do trabalho, tem o desafio de desenvolver ações de resistência junto aos sujeitos que cotidianamente estão expostos às expressões da questão social, e a elas buscam resistir e se opor.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.