Ainda a categoria superexploração da força de trabalho: mais reflexões sobre novas e velhas controvérsias

Marisa Silva Amaral

Resumo


O presente ensaio tem o propósito de sistematizar alguns de muitos incômodos, visões e revisões de ideias que julgávamos já firmadas acerca da categoria superexploração da força de trabalho. Pontualmente, trata-se aqui de resgatar parte das controvérsias remanescentes, e também das definições assumidas como ponto pacífico acerca da superexploração, com o objetivo de, primeiro, alinhar o debate com a categorização feita por Marx em nível mais alto de abstração e, ao final, defender que não faz sentido apartar o tratamento da superexploração daqueles elementos estruturais que são seus determinantes, mais particularmente a inserção subordinada das economias periféricas no plano internacional que impõe a estas economias, de forma orgânica, transferências de valor para os países do centro.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.