Pobreza, desigualdades e políticas habitacionais: direito à moradia para quem?

Patricia Zürcher

Resumo


O trabalho apresenta os principais enfoques adotados no tratamento da pobreza e das desigualdades, relacionando-os com a questão habitacional no Brasil. A partir desse cenário apresentado, destacam-se elementos considerados de importante potencial analítico que vêm sendo pouco explorados, tais como a desigualdade na distribuição territorial de serviços e equipamentos públicos, e a própria historicidade da propriedade privada do solo urbano. Ao dialogar e problematizar a literatura disponível sobre o tratamento da pobreza, das desigualdades e suas expressões na questão habitacional, percebe-se a segregação espacial não como consequência, mas como elemento constitutivo das ações públicas nesse âmbito.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.