As necessidades humanas e as principais reclamações da população de Caraúbas, cidade do interior do Rio Grande do Norte

Maria Yasmin Silva Gouveia

Resumo


1.            Introdução

                Na sociedade capitalista e na versão atual de contradição visceral do mundo do capital entre desenvolvimento das forças produtivas e as relações sociais de produção, ou as expressões da tensão entre produção social e apropriação privada dos frutos  do trabalho social, ou ainda, entre acumulação e equidade, mostra-nos todos os dias o aprofundamento das desigualdades sociais. Neste sentido, potencializar o acesso aos bens socialmente produzidos está cada vez mais difícil em função da ausência de oportunidade no mercado de trabalho o que possibilita as mais diversas interfases da questão social, sendo a moradia, a saúde e a assistência social as mais penalizadas no momento presente. Tal fato é bem visível na população de Caraúbas município do Rio Grande do Norte onde as necessidades sociais se estendem a todos os seguimentos e as politicas públicas são precárias ou quase inexistentes.

2.            Metodologia

Os procedimentos metodológicos foram realizados a partir da coleta de dados  realizada por meio de questionário semiestruturado organizado sistematicamente de forma a atender os objetivos desta pesquisa. Foram entrevistadas 05 famílias aleatórias moradoras do bairro Leandro Bezerra (Nova Descoberta) no município de Caraúbas(RN) escolhida no lugar em que se concentra a maior parte de exclusão social.

3.            Resultados

O bairro onde foi realizada a pesquisa concentra uma grande quantidade de famílias em situação de vulnerabilidade e riscos sociais. Para 100% das famílias entrevistadas 40% passaram fome e outras 60% tiveram sua alimentação reduzida. Para 80% das famílias as informações sobre a finalidade e os serviços oferecidos pelo  Centro de Referência da Assistência Social - CRAS, não chega de acordo com o referendado pela politica, Quanto a equipe de atendimento no CRAS existe uma queixa geral da população  quanto ao repasse de informações sobre os serviços lá oferecidos (segundo depoimentos). Entre as diversas necessidades encontradas destaca-se a oferta dos serviços de saúde pois, as famílias pesquisadas, alegaram que quando precisam não são atendidas por falta de médicos, profissionais especializados e a precariedade decorrente da falta de medicamentos para atender as necessidades básicas de saúde da população do bairro principalmente nos casos de emergência (a população alegou que é eles próprios que doam com o pouco que tem os medicamentos mais urgentes).

4.            Conclusão

As famílias entrevistadas do bairro Leandro Bezerra no município de Caraúbas enfrentam muitos desafios enquanto população possuidora de direitos sociais declarados por nossa constituição de 1988. As politicas públicas a elas destinadas estão atendendo minimamente e apenas dando um suporte para não viverem em situação de extrema precaridade social, isso nos mostra que nos tempos atuais ainda lutamos pelos mesmos objetivos de tempos atrás, tendo em vista que o acesso as politicas públicas que atendam as necessidades básicas, continua de forma mínima ou inexistente. Esse fato decorrente dá má distribuição de riquezas socialmente produzida. Citando Karl Marx, fazendo uma relação os fatos acima apresentados, conclui-se que o autor tem razão ao expor que   “O capital não tem a menor consideração pela saúde ou duração da vida do trabalhador, a não ser quando a sociedade força a respeitá-la”


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.