Serviço social nos documentos do serviço nacional de informações (1964-1991)

Inez Stampa

Resumo


O artigo busca refletir sobre os expressivos desafios postos ao campo do serviço social e aos assistentes sociais durante a ditadura militar no Brasil, recuperando elementos sócio-históricos da profissão. Apresenta resultados parciais de pesquisa em andamento sobre o tema que, em linhas gerais, pretende compreender quais foram os impactos do regime de exceção de 1964 a 1985 para a profissão e para os assistentes sociais que a desempenhavam ou que estavam em formação. A pesquisa baseia-se em fontes documentais primárias e em depoimentos de assistentes sociais citados nos documentos localizados. Nesta comunicação são apresentados resultados parciais do estudo a partir de documentos do extinto Serviço Nacional de Informações (SNI).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.