Tendências teórico-metodológicas do serviço social e o exercício profissional com famílias

Claudio Horst

Resumo


O presente artigo propõe um debate sobre as tendências teórico-metodológicas presentes no Serviço Social brasileiro e as implicações para o exercício profissional com famílias. Trata-se de um artigo de revisão de literatura que apresenta elementos do positivismo, da fenomenologia e do marxismo e a relação com o Serviço Social. Aponta a necessidade de avançarmos no debate sobre a tradição marxista no interior da profissão, principalmente na compreensão da família, com vistas a enfrentar uma atuação psicologizante das relações familiares, reduzida a “casos de família”, e de naturalização da particularidade dessa instituição na sociabilidade burguesa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.