A intersetorialidade no atendimento de adolescentes: uma experiência do NESA

Aline Gonçalves Gomes e Souza, Beatriz Duarte de Araújo

Resumo


O Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente constitui-se um dos setores da UERJ e do Hospital Universitário Pedro Ernesto, pioneiro na atenção integral aos adolescentes e presta serviço nos três níveis de atenção à saúde: atenção primaria, secundária e terciária. A integralidade do atendimento é central para compreender as diversas questões que envolvem o adoecimento dos adolescentes, conforme preconiza o ECA e Lei Orgânica da Saúde. Compreendendo a saúde em seus determinantes sociais, faz-se necessário o trabalho articulado com a rede intersetorial como forma de possibilitar que o adolescente limitado por uma doença crônica goze sua cidadania plena. A articulação com as diversas políticas é de suma importância para que o adolescente tenha o acesso integral saúde. Dessa forma, o presente trabalho tem o objetivo de refletir sobre a atuação do Serviço Social com adolescentes que realizam tratamento de saúde no NESA, ressaltando importância da articulação intersetorial na promoção da saúde integral dos mesmos. Nesse contexto, é imprescindível abordar como o trabalho do assistente social e, consequentemente, a articulação entre os setores vem sendo atingidos pela lógica privatista, apontamos, assim, os desafios e as possibilidades do trabalho do Serviço Social no NESA

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.