OCUPAÇÕES ESTUDANTIS EM 2016: LUTAS, APRENDIZADOS E VIOLAÇÕES DE DIREITOS DA JUVENTUDE

Luís Antonio Groppo

Resumo


O artigo apresenta resultado de pesquisa e reflexões do Grupo de Estudos sobre a Juventude da Universidade Federal de Alfenas acerca das ocupações estudantis, tanto de Instituições de Educação Superior, quanto de escolas públicas, no Sul de Minas Gerais. Destaca-se o evento Seminário Memorial das Ocupações Estudantis, m novembro de 2017. Verificou-se que, ainda mais do que as experiências políticas e formativas propiciadas pela participação na ação coletiva, marcavam as memórias das e dos ocupas, os sofrimentos e as angústias provocados por ameaças, repressões e retaliações, durante e após as ocupações. O Grupo buscou fazer a denúncia das violações dos direitos sofridas por ocupas, em especial secundaristas, diante do poder público estadual, em intervenções em eventos públicos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.