FORMAÇÃO POLÍTICA EM SAÚDE: A CLASSE TRABALHADORA COMO SUJEITO REVOLUCIONÁRIO

Daniele Correia, Samara Jamile Mendes, Celia Maria Sivalli Campos

Resumo


Resumo

Na formação política voltada a trabalhadores e estudantes da área da saúde parte-se do pressuposto que a educação formal, bem como a dinâmica do trabalho em saúde reiteram, hegemonicamente, os valores e as relações sociais capitalistas. A intencionalidade do curso é promover a contrainternalização desses valores, pautando-se na concepção e nos princípios da educação emancipadora, com a finalidade de contribuir para a construção de projeto societário alternativo ao capitalismo. Para os resultados do processo formativo, descreveu-se a análise de uma das questões da avaliação do curso. Identificou-se que o processo educativo desenvolvido favoreceu aos participantes um impulso à visão crítica a respeito do Sistema Único de Saúde brasileiro enquanto política social de um Estado capitalista.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.