EGRESSOS E OS DESAFIOS ATUAIS DO NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE

João Pedro Romanha, Ludimila Nunes Mantovani

Resumo


 O Núcleo de Acessibilidade da Universidade Federal do Espírito Santo (NAUFES) visa coordenar a execução da política de acessibilidade da UFES, com vistas a romper barreiras atitudinais, arquitetônicas, comunicacionais e pedagógicas. O Serviço Social do NAUFES durante o segundo semestre do ano de 2018, desenvolveu um projeto que visou conhecer o perfil do estudante egresso com deficiência, a fim de, a partir da experiência destes delinear os desafios atuais à atuação do Núcleo.

Compreende-se que “[…] as relações baseadas na deficiência também são estruturadas: “com o apoio intencional ou não intencional de toda a cultura” (DIAS, 2013, p. 2) e, portanto, são elemento estruturante da sociedade capitalista. Precisamos entender também que a Universidade, âmbito de “opiniões, atitudes e projetos conflitantes que exprimem divisões e contradições da sociedade” (CHAUÍ, 2003, p.5), reproduz a lógica do capacitismo enquanto opressão estrutural. “Capacitismo é a concepção presente no social que lê as pessoas com deficiência como não iguais, menos aptas ou não capazes para gerir a próprias vidas […]” (DIAS, 2013, p.2).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.