Estado e marxismo: uma (re)leitura em tempos de “crise”

Izabella Patrícia Brito da Silva , Márcia da Silva Pereira Castro

Resumo


O intento primordial do artigo é analisar a presença do Estado na sociabilidade capitalista a partir da interpretação marxista. Essa reflexão tem como foco o contexto contemporâneo que evoca a “crise” como principal causa dos retrocessos operacionalizados pelo Estado no que diz respeito aos vários aspectos sociais, econômicos e políticos. O percurso metodológico adotado para a análise foi a pesquisa bibliográfica que se ancora na tradição marxista. As contribuições de Marx e Engels, apesar de historicamente longínquas não se perderam no tempo, nem ficaram anacrônicas. Ao contrário, foram basilares para que outros pensadores contemporâneos ressignificassem seus fundamentos para entender a ampliação das atribuições do Estado em tempos de ideário neoliberal.

Texto completo:

Estado e m

Apontamentos

  • Não há apontamentos.