Vidas precárias, corpos em resistência. As mulheres na política social para população em situação de rua de Bogotá e Medellín – Colômbia

Anyi Paola Muñoz Umaña , Leana Oliveira Frietas

Resumo


Esta pesquisa busca analisar a materialidade do enfoque de gênero das políticas sociais para moradores de rua das cidades de Bogotá e Medellín – Colômbia, no período de 2012-2015, especialmente no que atinge a situação específica das mulheres na sua relação histórica com o espaço público e com a rua neste caso específico. Para isso, se reconhece que, embora morar na rua implique condições precárias de vida compartilhadas, é uma população heterogênea, com particularidades que podem aumentar o constante risco ao qual estão expostas suas vidas, seus corpos e seu bem-estar; condições que ademais desafiam as políticas sociais atuais por estarem expostas a processos cada vez mais fortes de desmantelamento, mercantilização e privatização de direitos socias.

Texto completo:

Vidas prec

Apontamentos

  • Não há apontamentos.