Programa bolsa família e segurança alimentar: uma unidade possível?

Clara Azevedo de Araujo , Iago Soares de Oliveira

Resumo


As reflexões aqui contidas, são produtos de uma intersecção realizadas durante quatro meses a partir da disciplina de Políticas de Segurança Alimentar que tiveram como objetivo analisar as condições da política de mínimo social por meio do programa de transferência de renda Bolsa Família como indicativo para assegurar um determinado padrão de segurança alimentar no município de Seropédica, situado no Estado do Rio de Janeiro. Desta forma, o delineamento metodológico para a composição desse trabalho deu-se por pesquisas bibliográficas (estudos e revisões bibliográficas com materiais fundamentados, principalmente, em livros e artigos científicos publicizados na área) e pela observação participante com base na inserção no cotidiano da Política de Assistência Social, além dos relatos e percepções dos beneficiários do PBF que fazem o uso dos serviços no equipamento do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) – Fazenda Caxias.

Texto completo:

Programa b

Apontamentos

  • Não há apontamentos.