Crise, trabalho e Serviço Social: o território gaúcho em análise

Ana Lucia Suarez Maciel

Resumo


Este artigo tematiza a dialética e contraditória relação que vem sendo estabelecida entre a crise societária e o trabalho em Serviço Social, tendo como aportes os resultados preliminares de uma pesquisa que vem sendo desenvolvida sobre o trabalho dos assistentes sociais, no território gaúcho, considerando a conjuntura de crise que vive o mesmo, bem como a sociedade em geral. Os dados obtidos nos permitem indicar que a atuação e a requisição profissional vem sendo marcada pelo retorno da perspectiva conservadora da profissão e das demandas sociais. Esses dados, ainda que tenham sido obtidos no RS, podem ser considerados como parte de um processo mais amplo que atinge a profissão em todo o Brasil, sendo necessário que a academia possa, cada vez mais, fornecer subsídios - consistentes e críticos – para que a categoria profissional possa se apropriar e debater sobre os mesmos, de modo a construir estratégias para o seu enfrentamento e superação.

Texto completo:

Crise, tra

Apontamentos

  • Não há apontamentos.