Lei geral da acumulação capitalista e o trabalho no brasil

Monique Bronzoni Damascena , Carlos Nelson dos Reis

Resumo


O presente artigo tem como intuito discutir a Lei geral da acumulação capitalista, a fim de compreender as bases ontológicas da questão social. Para tanto, recorre-se, no primeiro momento, à apreensão teórica dessa lei; e, no segundo momento, à apreensão da estrutura organizacional dos trabalhadores — dentro da concepção de exército ativo e do exército industrial de reserva. O texto demonstra que a lei da acumulação capitalista trata da constituição da acumulação de riqueza por meio da manutenção da pobreza e do desemprego. Também discute-se, a partir da leitura crítica da realidade brasileira, o desafio de dimensionar, na contemporaneidade, a situação estrutural dos trabalhadores imposta pelo sistema econômico capitalista.

Texto completo:

Lei geral

Apontamentos

  • Não há apontamentos.