A complementariedade na Política de Assistência Social no município de Serra (ES)

Natália de Paula Couto, Desirée Cipriano Rabelo

Resumo


Debate a complementariedade na Política de Assistência Social a partir do levantamento das parceiras realizadas pelo município da Serra (ES) entre 2001-2013. A análise considerou as particularidades atuais do capitalismo e seus rebatimentos nas políticas sociais no Brasil. No período pesquisado o número de entidades parceiras da Secretaria de Assistência Social municipal cresceu 133,3% sem a correspondente evolução dos mecanismos de monitoramento e avaliação dessas parcerias. De maneira inequívoca, a tendência tem sido as ações do Estado se tornarem complementares e subsidiárias, enquanto as entidades se caracterizam como forma primeira de viabilização do atendimento das necessidades sócio assistenciais do cidadão.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.