A Educação no contexto do processo massivo dos media: reflexão sobre o fetichismo da mercadoria cultural

Gianni Marcela Ferreira Boechard, Renata Rosa Weixter, Robson Loureiro

Resumo


O pôster problematiza o papel da educação em face do contexto de ação massiva dos media que contribuem para a reprodução do fetichismo da mercadoria cultural e a danificação do sujeito e suas relações sociais. Fundamenta-se na Teoria Crítica da Sociedade, em particular a conceituação de T. Adorno sobre a Indústria Cultural e seus processos de subjetivação. Defende a educação como possível promotora da transformação social por meio de processos de autorreflexão crítica sobre as intencionalidades ideológicas dos media e seu caráter fetichista que produz a ilusão de identificação entre o sujeito e a mercadoria cultural. Propõe uma análise sobre a influência dos meios de comunicação de massa na educação das crianças e também seu papel substitutivo em relação à família. Busca evidenciar as consequências deste processo na reprodução de sujeitos danificados e recrudescimento da regressão dos sentidos. Conclui que a transformação e potencialização da escola e da sociedade requer a compreensão teórica da realidade social. 

  

Palavras-chave: Indústria Cultural. Adorno. Regressão dos Sentidos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.