Pensamento sistêmico: implicações teóricas para pensar a diversidade e as práticas educacionais inclusivas

Lilian Pereira Menenguci

Resumo


Este artigo analisa a contribuição do pensamento sistêmico novo-paradigmático para as questões relacionadas ao fazer docente no contexto da diversidade e das práticas educacionais que se pretendem inclusivas. Assume o cenário da escola como espaço privilegiado no qual as cenas cotidianas colaboram para que as inter-relações se fortaleçam, inaugurando saberesfazeres que considerem os diálogos interdisciplinares como fomento para ações colaborativas. Resulta do trabalho de investigação realizado no mestrado em educação (UFES/PPGE) na linha de Pesquisa Diversidade e Práticas Educacionais Inclusivas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.