GESTÃO ESCOLAR E EDUCAÇÃO ESPECIAL NOS CONTEXTOS BRASILEIRO E MEXICANO

Ellis Regina dos Santos Godoy

Resumo


Este estudo teve por objetivo analisar aspectos das práticas de gestão escolar no processo de inclusão de alunos com deficiência matriculados em escolas comuns nos municípios de Xalapa/MÉX e Vitória/BR. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os diretores escolares de cada instituição e observação em contexto. A pesquisa envolveu uma escola mexicana e outra brasileira. A coleta de dados nas duas realidades foi realizada em 2017, sendo que, em território mexicano ocorreu durante uma missão de estudos internacionais. A metodologia utilizada baseia-se no estudo comparado internacional, nesse contexto, recorreu-se à análise à discussão do papel do diretor escolar no processo de inclusão de alunos com deficiência nessas duas realidades. Como aporte teórico, os conceitos de Norbert Elias (1994; 2006) auxiliam a pensar em sociedade e indivíduo como seres indissociáveis. Nessa concepção, o trabalho do diretor perpassa as relações sociais e as múltiplas figurações da qual ele faz parte. Como resultados da pesquisa, destaca-se a necessidade de superar a fragmentação das tarefas no cotidiano escolar, a qual considera a figura do diretor de forma hierarquizada e separada do contexto pedagógico de sua atuação. Além disso, trata-se também de repensar os processos de formação dos docentes para atuar com os alunos público-alvo da Educação Especial, de maneira a fomentar práticas inclusivas nesse contexto, sugerindo a participação de todos nesse processo.

Palavras-chave: Gestão Escolar; Educação Especial; Inclusão escolar.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.