I ENCONTRO DE LEITURA INCLUSIVA COM PESSOAS EXTRAORDINÁRIAS

Alnínive Correia Araújo Martini, Raquel Falk Toledo

Resumo


Igualdade de acesso a todos os participantes da vida escolar, por meio
da inclusão e acessibilidade, é indubitavelmente uma das pautas mais relevantes
da área educacional. Avanços vêm acontecendo por meio do uso de métodos de
comunicação e investimento em infraestruturas que estimulem a equidade no
ambiente acadêmico. Neste contexto, foi realizado o projeto de leitura “Histórias
Extraordinárias”. Tal projeto buscou apresentar e discutir, por meio da leitura,
aspectos da inclusão e acessibilidade no meio estudantil, exercitando o
pensamento crítico dos alunos. A obra utilizada foi o livro “Extraordinário”, de R.
J. Palacio, cujo tema é a rotina de um aluno com uma deficiência física, e os
desafios que ele enfrenta em seu dia-a-dia na escola. Ao apresentar este
conteúdo aos alunos, intentou-se destacar valores como empatia, aceitação e
respeito, enriquecendo o convívio entre eles e entre os demais membros da
escola. Deste modo, o objetivo principal deste trabalho é descrever a prática
pedagógica e como a inclusão foi vivenciada no cotidiano escolar com a turma
do 4a ano e os estudantes público-alvo da Educação Especial, na escola de
ensino fundamental em Vitória (ES). Metodologicamente, foi utilizada a pesquisa
exploratória, de abordagem qualitativa, com a escolha de um assunto ou
problema, e a coleta e análise das informações. Depreende-se desta iniciativa a
importância do pensamento coletivo, que procura buscar harmonicamente
soluções exequíveis de inclusão e acessibilidade e que possibilitem isonomia a
todos os partícipes do universo acadêmico. Discutir sobre diferenças, aceitação
e respeito é uma atitude imperiosa e não deve, de forma alguma, ser
negligenciada.

Palavras-chave: Inclusão escolar. Leitura. Educação Especial.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.