REFLEXÕES SOBRE A INCLUSÃO: O DIREITO A UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE

Ghane Kelly Gianezelli

Resumo


O presente artigo tem por objetivo promover uma reflexão sobre os
princípios da educação como um direito de todos (as), e que todos os sujeitos
são educáveis; dando devida visibilidade aos estudantes PAEE – Público-alvo
da Educação Especial. Como problema de pesquisa questionamos: Porque
muitos alunos (as) público alvo da Educação Especial evadem das escolas
comuns? Como essa prática pode ser ressignificada tornando-se mais
significativa, de forma que os envolvidos sintam-se de fato incluídos? Trazemos
como dados algumas falas desses estudantes e de profissional da Educação
Especial, pois eles têm algo a dizer sobre como tem ocorrido a inclusão em uma
escola comum, nos fazendo refletir sobre como pode ser aprimorada. A
metodologia é de Estudo de caso com uma perspectiva crítica e dialética a partir
dos pressupostos de Marx. Almejamos alcançar o objetivo de reflexão a que se
propõe este trabalho, por meio de diálogos livres com os estudantes público-alvo
da Educação Especial, dessa forma eles relataram sua verdade, livremente.
Alguns teóricos vieram compor o artigo no que tange ao embasamento legal e
outros aspectos fundamentais na tessitura da reflexão. Os resultados esperados
são de promoção de uma potente reflexão até onde esse artigo possa chegar.
Que provoque desejo de lutar por uma educação de qualidade aos estudantes
público-alvo da educação especial, tal como por políticas públicas educacionais
que venham consolidar as prescrições da Constituição de 1988 na Educação,
assim como uma política de formação de professores (as). E aliado a isso é
preciso lutar por currículos que contemplem a realidade dos estudantes, pois só
assim o processo educacional será significativo garantindo sua permanência e
sucesso na escola.
Palavras-chave: Inclusão; Educação; Currículo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.