ASPECTOS RELACIONAIS DA CRIANÇA COM AUTISMO EM SITUAÇÃO DE BRINCADEIRA

José Francisco Chicon, Fabiana Zanol Araújo

Resumo


O estudo tem por objetivo compreender os aspectos relacionais de
crianças com autismo na interação com os colegas e com os adultos durante a
realização de brincadeiras em uma brinquedoteca universitária. Como objetivos
específicos concebemos: identificar os aspectos relacionais da criança com
autismo com os adultos em um contexto inclusivo; analisar a relação da criança
com autismo com os colegas na realização de brincadeiras. Trata-se de uma
pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso, tendo por base os estudos na
abordagem histórico-cultural. Para proceder ao estudo de campo, será usada a
base de dados organizada pelo professor Dr. José Francisco Chicon,
coordenador de uma pesquisa em andamento intitulada “O brincar da criança
com autismo na brinquedoteca: inclusão, mediação pedagógica e linguagem”,
que teve início em março de 2016, com duração de três anos, e tem apoio da
FAPES (Fundação de Apoio à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo). O banco
de dados organizado, contem 24 aulas realizadas durante o período de março a
novembro de 2016, com registros em videogravação; registros de diário de
campo, fotografias e entrevista semiestruturada realizada com os familiares das
crianças com autismo integrantes da proposta. Os participantes foram 17
crianças, com idades de três a seis anos, sendo dez crianças não deficientes de
um Centro de Educação Infantil (CEI), seis com autismo e uma com síndrome
de Down, pertencentes ao município de Vitória/ES. Elas foram atendidas por 13
estagiários do Curso de Educação Física, em um encontro semanal, todas as
quintas-feiras, das 14 às 15 horas. Durante as intervenções, os estagiários
assumiam funções de conduzir a aula, acompanhar as crianças com deficiência
e registrar as aulas por meio de videogravação e fotografias. Esperamos com o
resultado da pesquisa encontrar pistas que revelem os modos de interação de
crianças com autismo com seus pares e com os adultos na realização de
brincadeira em uma brinquedoteca universitária.
Palavras-chave: Educação Física. Autismo infantil. Interação. Brincadeira.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.