Entre utopias modernas e heterotopias pós-modernas: das diferentes leituras sobre a esfera estética e o campo artístico para um estudo sobre arte e emancipação

Andreza Barreto Leitão

Resumo


No presente trabalho, visa-se à investigação das associações entre arte e emancipação humana, partindo da informação de que seria na modernidade que a arte surgiria como uma atividade específica, portando um “halo” de superioridade que a diferenciaria das demais. Para tanto, haveria duas leituras. Uma que demarca a arte como produto de um campo artístico derivado da civilização, acentuando sua artificialidade. E outra em que vemos a esfera estética como único âmbito de expressão de individualidade, opondo-se ao processo de racionalização e massificação do ocidente, fundando sua origem na cultura, como um processo de auto-desenvolvimento e interiorização. A partir dessas duas noções poderemos tecer diferenciações quanto aos conceitos de arte moderna e pós-moderna, no que tange a suas associações quanto à promoção da liberdade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.