A gestão política do meio ambiente na cidade de Vitória-ES: reflexões sobre a criação de parques naturais e áreas verdes

Aline Trigueiro, Flávia Amboss Merçon Leonardo

Resumo


O artigo em questão analisa as políticas ambientais voltadas para a criação de parques naturais e áreas verdes da cidade de Vitória-ES, tomando como ponto de partida o documento da Agenda 21 Local, elaborado em 1996. Os estudos revelam o quanto a política ambiental  local – aquela que ganhou corpo sobretudo  entre os anos  de  1996-2004 - teve  como base  um projeto  de “esverdeamento” da cidade,  ou seja, a constituição de um modelo de cidade sustentável. Não obstante, isso ocorreu e continua ocorrendo simultaneamente  ao  incentivo  de  atividades  produtivas  e  extrativas  com  alto  potencial  de  impacto socioambiental.  O  objetivo  do  trabalho  é,  portanto,  refletir  sobre  os  modos  como  essa  relação  entre desenvolvimento  e  meio  ambiente  (seus  meios  práticos  e  simbólicos)  é  localmente  agenciada  no município de Vitória, considerando, principalmente, os conteúdos de suas políticas ambientais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.