A crise do Estado de Bem Estar Social e sua influência sobre as Prisões

Priscila Rosa Bomfim Guimarães, Herbert Toledo Martins

Resumo


Este artigo tem a pretensão de contribuir para a discussão acerca da influência que a crise do Estado de Bem Estar Social exerce sobre as Prisões. O objetivo principal é analisar os fenômenos de transformações oriundos do modo de produção capitalista e suas relações com o Sistema Penitenciário. Neste sentido, busca-se através de elementos teóricos identificar de que forma as mudanças do modo de produção tem influenciado no novo perfil da população carcerária e na Política criminal.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.