O MERCADO DE TRABALHO DOS ASSISTENTES SOCIAIS NO BRASIL: INDICAÇÕES DAS CONDIÇÕES DE INSERÇÃO ENTRE 1990 – 2010

Autores

  • ZAIRA SABRY AZAR
  • LUCILENE FERREIRA CERQUEIRA GUIMARÃES

Resumo

Resumo: Trata sobre o mercado de trabalho dos assistentes sociais no Brasil. Tem como referência pesquisa realizada no Maranhão. Aborda sobre determinações constitutivas das condições dos profissionais do Serviço Social no que se refere à sua inserção no mercado de trabalho. Reflete sobre como a reestruturação do capital, caracterizado pela precarização e profundos desdobramentos para a configuração do mercado de trabalho, com o caráter multifacetado da classe trabalhadora. Considera que a institucionalização do Serviço Social no Brasil constitui-se uma resposta à questão social, sendo sua intervenção articulada à formação, organização política e identidade profissional que se manifestam como mediações das condições de trabalho.

Palavras-chave: Mercado de Trabalho; Serviço Social; Reconfiguração do trabalho.

Publicado

2019-05-21

Edição

Seção

Mesa coordenada A questão da identidade profissional do assistente social: constituição histórica e a determinação ...