NOVOS ARRANJOS FAMILIARES: COMPROMISSO ÉTICO E POLÍTICO NA INTERVENÇÃO PROFISSIONAL

  • ANA CLAUDIA FONTES DA SILVA
  • SILVIA HELENA DOS SANTOS DIONÍZIO

Resumo

Resumo: A partir do entendimento de que desde os primórdios a família é objeto de intervenção do Serviço Social, intervenção esta que se transforma com a própria dinâmica histórica vivenciada pelas famílias e pela própria profissão, a pesquisa repensa os novos arranjos familiares, enquanto construção da própria sociedade e estratégia de sobrevivência dos indivíduos. Como resultado da pesquisa bibliográfica compreende-se que independentemente de sua formatação, as famílias têm direito a cuidado e proteção sendo fundamental um olhar profissional para este grupo com capacidades e necessidades próprias, onde é construída sua própria identidade e a de seus membros.

Palavras-chave: Famílias; Serviço Social; Intervenção Profissional.

 

Publicado
2019-05-21