“PORQUE SOMOS MULHERES, POBRES E NEGRAS”: UM BALANÇO SOBRE O PROJETO DE EXTENSÃO OFICINAS SOBRE DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS: “MEU CORPO, MINHAS REGRAS” EM RECIFE – PE

  • TATIANE MICHELE MELO DE LIMA
  • LÉIA GENESES DE SOUZA
  • PATRICK MATHEUS DE OLIVEIRA
  • BEATRIZ SOARES BEZERRA

Resumo

 

Resumo: Esse artigo objetiva uma reflexão sobre os achados do projeto de extensão “Oficinas sobre Direitos Sexuais e Reprodutivos: ‘MEU CORPO, MINHAS REGRAS’”, no que se refere a interpretação das mulheres sobre os marcadores de gênero, raça e classe social e sua relação com a violência obstétrica.

Palavras-chave: Direitos sexuais e reprodutivos. Violência obstétrica. Interseccionalidade.

Publicado
2019-05-21