“O PARTO HUMANIZADO É A MULHER SER RESPEITADA E TER O DIREITO DE FAZER ESCOLHAS CONSCIENTES”: UM ESTUDO SOBRE HUMANIZAÇÃO DO PARTO E MATERNIDADE

  • BRUNA MARIA COSTA GOMES
  • HAYESKA COSTA BARROSO

Resumo

Resumo: Ao compreender a importância que as doulas possuem como agentes do processo de humanização do parto, este estudo teve como objetivo abordar os significados atribuídos pelas doulas da Equipe Mãe do Corpo às formas de gestar, parir e ser mãe, no contexto da humanização do parto. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, dos tipos bibliográfica, documental e de campo, na qual utilizou-se da observação participante e da realização de entrevistas semiestruturadas como técnicas de coleta de dados. Notou-se que os processos de gestar, parir e ser mãe sofrem tanto pela influência das práticas médicas, como pela construção dos papéis de gênero.

Palavras-chave: Humanização; Parto; Maternidade.

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Serviço Social, Relações de Exploração/Opressão de Gênero, Raça/Etnia, Sexualidades