PRECARIZAÇÃO E FLEXIBILIZAÇÃO: O TRABALHO AO ASSISTENTE SOCIAL NA REGIÃO AMAZÔNICA

  • LEILA CHAGAS DE SOUZA COSTA

Resumo

Resumo: O trabalho do assistente social na realidade amazônica é desafiador para o profissional exercitar sua capacidade de deciframento, em uma realidade complexa decorrente do multiculturalismo presente nos usuários da assistência social, o que permite uma reflexão na construção de respostas às demandas colocadas. O Serviço Social na divisão sócio técnica do trabalho, articula-se à política social, aos direitos e garantias sociais, aos serviços sociais públicos e privados, enquanto campo de respostas socialmente institucionalizadas no âmbito do aparato estatal. No municipio de Boa Vista o trabalho dos assistentes sociais é permeado por baixos salários, precárias condições de trabalho e flexibilização das formas contratuais.

Palavras-chave: Trabalho; Assistência Social; Município de Boa Vista.

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Serviço Social, Fundamentos, Formação e Trabalho Profissional