AS DROGAS NA FAMÍLIA QUE TEM O IDOSO COMO PROVEDOR E FAMILIAR DE REFERÊNCIA NA REDE

  • ERIKA SCHEEREN SOARES
  • LEONIA CAPAVERDE BULLA

Resumo

Resumo: Este artigo traz à discussão as repercussões das drogas nas famílias, que sofrem os impactos sociais, emocionais e econômicos do uso abusivo dessas substâncias por um ou mais de seus membros. Destaca as famílias em que o idoso é o provedor e familiar de referência na rede de atenção aos usuários, desvelando suas próprias carências de suporte social para a tarefa de cuidador e mantenedor. Reafirma o papel do Estado na condução das políticas de proteção social, apontando para a necessária qualificação da rede de atenção aos usuários de drogas e suas famílias, ampliando os investimentos na área.

Palavras-chave: Drogas; Família; Idoso; Envelhecimento; Rede de Atenção Psicossocial.

Publicado
2019-05-21
Seção
Comunicações orais - Classes Sociais, Geração e Serviço Social