ENTRE O AVANÇO DO ESTADO PENAL E A REDUÇÃO DO ESTADO SOCIAL: O IMPACTO DA VIOLÊNCIA ESTRUTURAL E DO TRÁFICO DE DROGAS NAS TRAJETÓRIAS DAS JUVENTUDES COM PRECÁRIO ACESSO ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS

Autores

  • GIOVANE ANTONIO SCHERER
  • CAMILA BASSÔA DOS SANTOS
  • VANELISE DE PAULA ALORALDO
  • CINTIA FLORENCE NUNES

Resumo

Resumo: As juventudes têm sido impactadas pelo avanço do Estado Penal e redução do Estado Social, desencadeado pela crise contemporânea de acumulação do capital, culminando no processo de criminalização da pobreza. É crescente o encarceramento e a mortalidade juvenil, enquanto essa mesma juventude é apontada como responsável pela violência urbana. Com fundamentação materialista histórico-dialética, trazem-se análises a partir da trajetória de vida de jovens envolvidos com o tráfico de drogas, para identificar o seu acesso aos direitos sociais e suas vivências até a privação de liberdade. Pretende-se contribuir com subsídios para a qualificação das políticas públicas para esse segmento social.

Palavras-chave: Juventudes; Estado Penal; Tráfico de Drogas; Políticas Públicas.

Publicado

2019-05-21

Edição

Seção

Comunicações orais - Política Social e Serviço Social